Taking too long? Close loading screen.

Tratamento em Crianças

21, Oct 2017

Tratamento em Crianças

Apenas seu dentista ou ortodontista poderá determinar se você poderá se beneficiar de um tratamento ortodôntico.

A Associação Americana de Ortodontia recomenda que todas as crianças tenham uma consulta com o ortodontista antes dos 7 anos de idade, pois alguns problemas ortodônticos podem ser corrigidos facilmente se tratados cedo. Esperar que todos os dentes permanentes irrompam ou até o crescimento facial estar completo pode tornar a correção de alguns problemas mais difícil ou até limitada.

É bom esclarecer que diversos problemas ortodônticos são tratados com maior eficiência aguardando-se o início do surto de crescimento e o final da dentição permanente (por volta dos 10 anos nas meninas e dos 12 anos nos meninos). Ver Ortopedia Funcional (colocar link para ortopedia funcional).

Por isso, o acompanhamento de um bom ortodontista é muito importante para não se perder o melhor momento para o início do tratamento e, também, para não se iniciar o tratamento antes do necessário. Para os pais, não é fácil a tarefa de reconhecer se seu filho precisa de tratamento ortodôntico.

Aqui estão algumas dicas:

• perda precoce ou retenção prolongada dos dentes de leite

• dificuldade na mastigação ou mordida dos alimentos

• respiração bucal

• hábito de chupar dedo

• hábito de chupar chupeta (após os 4 anos de idade)

• dentes tortos, fora do lugar, encavalados ou bloqueados pelo dente de leite

• ruídos na articulação (estalidos) na abertura e fechamento da boca

• dentes muito juntos ou muito separados

• falta de proporção dos dentes e maxilares em relação ao resto do rosto (p. ex.: queixo grande)

Benefícios do Tratamento Precoce:

• estimular e guiar crescimento ósseo de forma que os dentes permanentes consigam nascer

• guiar o nascimento dos dentes permanentes para a posição correta

• controlar a largura das arcadas dentárias, evitando ou corrigindo mordidas cruzadas

• adquirir mais espaço para dentes apinhados (tortos)

• evitar a necessidade de extração de dentes permanentes no futuro

• corrigir hábitos de chupar dedo e chupeta

• evitar problemas de deglutição, fala e mastigação

Exemplo do que precisa ser tratado logo:

Mordida Cruzada – Acontece quando a arcada superior não se encaixa adequadamente na inferior. Pode ser posterior e/ou anterior. Necessita de tratamento o mais precoce possível por causar danos irreversíveis na articulação têmporo-mandibular, além da restrição do crescimento/posicionamento mandibular.O tratamento é simples quando o diagnostico ocorre precocemente, mas pode ser agravado quando não for tratado e estiver associado a hábitos como chupar os dedos, uso prolongado de chupeta, respiração bucal.

Exemplo do que pode esperar mais um pouco:

Queixo para trás – Para correção do quadro, dependemos inicialmente da idade óssea do paciente. Definida por uma radiografia de mão e punho da criança. Os aparelhos de avanço mandibular são cientificamente comprovados, mas só funcionam durante o surto de crescimento puberal (SCP) e alguns anos após.Estudos em crianças brasileiras mostraram que as meninas são mais precoces em relação ao início do SCP. Acontece aproximadamente aos 10 anos nelas e aos 11 anos nos meninos.Deste modo, não adianta instalar o aparelho antes, pois além de não promover resultados estáveis, ainda prolongará desnecessariamente o tratamento ortodôntico.

Problemas que podem ser observados em crianças de 6 à 8 anos
img

Comentários

Relacionados



Tratamento em Adultos

Tratamento em Crianças

Tratamento em duas fases

Ortodontia Pré-Protetica

Instagram


Categorias


BLOG       DEPOIMENTOS       ÁREA DE ATUAÇÃO       EVOLUÇÃO DA ORTODONTIA
DIFERÊNCIAIS LETICIA SQUADRONI       CÁLCIO E ORTODONTIA
FINALIZAÇÃO ORTODONTICA       IMPRENSA



© 2017 - Leticia Squadroni Ortodontia
Agência V-Control